Foge Foge


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

"Há mais onde actuar no sector do medicamento"

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

sofs


Fuga Forever
Fuga Forever
"Há mais onde actuar no sector do medicamento"

Depois das medidas anunciadas na semana passada pelo Ministério da Saúde, com as quais a tutela pretende poupar 250 milhões de euros na área do medicamento, e com o orçamento de Estado à porta, que “será um orçamento de grande contenção”, o secretário de Estado da Saúde, Óscar Gaspar, avançou esta sexta-feira que há ainda que cortar no sector do medicamento, nomeadamente no meio hospitalar.

Em declarações aos jornalistas, à margem da cerimónia que assinala o Dia do Farmacêutico, a que o RCM Pharma compareceu, o secretário de Estado disse que “há outras áreas onde vamos continuar a actuar, por exemplo, no medicamento em meio hospitalar. Neste momento, as três áreas com maiores taxas de crescimento – HIV, oncologia e produtos biológicos. Vamos ter de conversar com a Indústria Farmacêutica (IF), que é proprietária destes medicamentos”.

Mas será uma conversa no sentido de baixar o preço desses medicamentos? “Essa é uma discussão que vou ter de ter com a IF; não faz sentido estar a avançar esse tipo de informação e admito que não possa ser uma medida única e uniforme. Temos de ver em concreto se há ou não medicamentos alternativos, qual o valor do crescimento…”, disse Óscar Gaspar.

O representante da tutela admitiu que “estamos a gastar bastante mais em termos de oncologia e sida nos hospitais”, mas sublinhou que “também é verdade que estamos a tratar muito mais pessoas”.

Também os meios complementares de diagnóstico e terapêutica deverão ser alvo de cortes, nomeadamente os custos com a hemodiálise. “Um dos itens que tem crescido é o da hemodiálise. Já começámos alguns contactos com a associação do sector”, avançou Óscar Gaspar.

O secretário de Estado referiu ainda a questão dos recursos humanos: “Em termos do pessoal, continuamos a pedir aos conselhos de administração dos hospitais que olhem com muita atenção para a rubrica das horas extraordinárias”.

Image and video hosting by TinyPic

Fonte: http://www.rcmpharma.com/news/9893/51/Ha-mais-onde-actuar-no-sector-do-medicamento.html

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum