Foge Foge


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

“Avó, não deixes que me levem”

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 “Avó, não deixes que me levem” em Sex Jun 04, 2010 11:41 am

✰ Þaтєя Þøєsis


Fuga Power
Fuga Power
Avó, não deixes que me levem". Estas foram as palavras que Lana, de seis anos, disse a Alice Araújo, avó paterna, na esquadra da PSP de Águas Santas, Maia, na terça-feira, depois de ter sido levada do infantário que frequentava. Tudo porque, após cinco anos a viver com os avós, um mandato judicial colocou-a de novo à guarda do pai, a viver na Irlanda do Norte.


É no país britânico que tudo tem início. Sandro Araújo, emigrante, viveu em união de facto com uma cidadã local. Lana é o resultado do relacionamento, que termina com a morte da mãe, em 2005. Acusando os sogros de lhe roubarem a filha, Sandro pede ajuda aos pais. Alice viaja para a Irlanda do Norte e repara que o filho vive em condições deploráveis, sem cama para Lana. A menina não estava ainda registada, pelo que Alice alugou uma casa a Sandro, para que conseguisse registar a filha – norte-irlandesa – e obter a sua guarda.

Lana acaba por viajar para casa dos avós, em Águas Santas, com a autorização de Sandro, que, segundo os pais, ficou "um ano e 17 dias sem querer saber da filha" e decidiu depois reavê-la. Num processo que se arrastou vários anos, Sandro viu ser-lhe dada razão.

"Ela chegou com muitos problemas de saúde. A médica de família disse-me que ela iria morrer. Fiz tudo pela menina em cinco anos. Até que chega um papel que vale a vida dela", contou Alice ao CM, após ter falado ao telefone com a neta. "Disse-me que já não come". O pai, Sandro, a quem os pais apontam problemas com álcool e outro interesse que não afectivo, garante à criança que vai ver os avós. "Ela disse-me para não chorar, que vem para a nossa casa. O meu filho quer que eu que diga que perdi o avião", adianta Alice, que vai colocar nova acção nos tribunais britânicos. Sandro já tem outro relacionamento e uma filha de sete semanas.

2 Re: “Avó, não deixes que me levem” em Dom Jun 06, 2010 12:03 pm

midomiguiedaNÉ


Master Fuga
Master Fuga
A miuda é miseravel por nao poder viver bem com quem quer e com quem a quer -.-
O pai dela deve ser daqueles que anda prai com todas -.-
Maior estupidez

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum