Foge Foge


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

"Assalto ao Santa Maria" chega aos cinemas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 "Assalto ao Santa Maria" chega aos cinemas em Dom Set 26, 2010 12:30 pm

ellê


Fugitivo Pro
Fugitivo Pro
"Assalto ao Santa Maria", filme do realizador Francisco Manso sobre a acção desencadeada pelo capitão Henrique Galvão em 1961 para tentar derrubar o regime de Salazar, estreia hoje, quinta-feira, em salas portuguesas.

"É uma história que sempre me interessou, como qualquer história que fale sobre momentos marcantes da História portuguesa e que tiveram contributos para a mudança. Tudo isso me interessa", disse o realizador à agência Lusa.



"Assalto ao Santa Maria" chega aos cinemas
2010-09-23

"Assalto ao Santa Maria", filme do realizador Francisco Manso sobre a acção desencadeada pelo capitão Henrique Galvão em 1961 para tentar derrubar o regime de Salazar, estreia hoje, quinta-feira, em salas portuguesas.

"É uma história que sempre me interessou, como qualquer história que fale sobre momentos marcantes da História portuguesa e que tiveram contributos para a mudança. Tudo isso me interessa", disse o realizador à agência Lusa.

O filme recorda os dias em que durou o assalto ao navio de luxo "Santa Maria" no começo de 1961 em águas internacionais, uma operação comandada pelo capitão Henrique Galvão que ficou conhecida também como "Operação Dulcineia".

A operação contou com a participação de revolucionários portugueses e espanhóis numa tentativa de denúncia a nível internacional do que se passava em Portugal e também em Espanha, no regime franquista.

A acção terminou ao fim de 12 dias com o paquete a fundear no Brasil para libertar os passageiros e tripulação.

O assalto, que contou com o apoio de Humberto Delgado, foi interpretado na altura como o primeiro sério abalo da ditadura salazarista.

No filme, Francisco Manso recria esses dias de tensão em alto mar, focando-se sobretudo nas dúvidas e na determinação do capitão Henrique Galvão, papel que coube ao actor Carlos Paulo.

Com um orçamento de um milhão de euros, o filme foi rodado sobretudo no antigo navio hospital Gil Eannes, actualmente atracado em Viana do Castelo, e contou com apoios financeiros de Portugal e Espanha.

Fonte: jn


Nota minha: viana do castelo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum