Foge Foge


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Desemprego em Portugal desce 0,1% mas continua acima da média europeia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

ellê


Fugitivo Pro
Fugitivo Pro
Taxa está agora nos 10,8%. É a primeira descida desde Novembro de 2009. Portugal mantém-se, ainda assim, com números superiores à média europeia, segundo o Eurostat.



A taxa de desemprego em Portugal, medida pelo Eurostat, recuou em junho para os 10,8 por cento, depois do máximo de 10,9 por cento alcançado em maio, de acordo com os dados hoje divulgados pelo gabinete europeu de estatísticas.

Segundo o gabinete de estatísticas da União Europeia, a taxa de desemprego passou dos 10,4 por cento em janeiro e fevereiro, para os 10,6 por cento em março, 10,8 por cento em abril e 10,9 por cento em maio.

O valor de abril compara com os 9,7 por cento registados um ano antes.

No mês em análise, Portugal mantém-se na quarta posição dos países da União Europeia (UE) com a taxa de desemprego mais elevada, segundo os cálculos do Eurostat.

No primeiro lugar da lista dos países para os quais o valor de junho se encontra disponível estão a Espanha (com 20 por cento), Eslováquia (com 15 por cento) e Irlanda (com 13,3 por cento).

As mais baixas taxas de desemprego, por sua vez, situam-se na Áustria (3,9 por cento) e Holanda (4,4 por cento).

De acordo com o Eurostat, na zona euro, a taxa de desemprego ajustada sazonalmente manteve-se pelo quarto mês consecutivo inalterada nos 10 por cento, enquanto no conjunto da UE a taxa de 9,6 por cento manteve-se estável pelo quinto mês consecutivo.

O Eurostat estimou, para o conjunto dos 27, a existência de 23,06 milhões de desempregados, dos quais 15,77 milhões concentrados na zona euro.

No espaço de um ano, a taxa de desemprego nos homens passou de 9,3 por cento para 9,8 por cento na zona euro e de 9,1 por cento para 9,7 por cento na UE.

Nas mulheres, a taxa de desemprego subiu também em termos homólogos de 9,7 para 10,2 por cento na zona euro e de 8,9 para 9,5 por cento nos 27.

A taxa de desemprego nos jovens (com menos de 25 anos) chegou, por sua vez aos 19,6 por cento na zona euro (19,5 por cento em junho de 2009) e 20,3 por cento na UE (19,6 por cento em termos homólogos).

Em Portugal, a taxa de desemprego nos jovens fixou-se nos 21,5 por cento (19,6 por cento em junho de 2009 e 21,9 por cento em maio de 2010).

Nos homens recuou de 9,9 por cento em maio para 9,8 por cento em junho (9,2 por cento comparando com o mês homólogo) e nas mulheres manteve-se pelo segundo mês nos 12 por cento (10,3 por cento em junho do ano passado.

Fonte: i online

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum