Foge Foge


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Acusa o marido de violação com pistola

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Acusa o marido de violação com pistola em Sab Jun 05, 2010 2:25 am

✰ Þaтєя Þøєsis


Fuga Power
Fuga Power
Um distribuidor de artigos informáticos foi ontem detido pela PSP em Massamá, Sintra, apenas minutos depois de a própria a mulher o ter acusado de a violar repetidamente, com ameaças de uma pistola. A detenção ocorreu a pouca distância do campo do Real Massamá onde, na altura, treinava a selecção nacional de futebol.

Ao que o CM apurou, foi a própria mulher do detido que tomou a iniciativa de, pelas 11h10 de ontem, telefonar para a esquadra da PSP da Reboleira, Amadora. A queixosa assegurava estar farta de ser abusada, relatando que, ainda na noite anterior (quinta-feira), havia sido alvo de alegada violação praticada pelo próprio marido, que a terá ameaçado com uma pistola.

O suspeito, um distribuidor de artigos informáticos empregado numa empresa de Paço de Arcos, Oeiras, estaria ainda, de acordo com a mulher, na posse da mesma arma de fogo.

A PSP registou a queixa e, quase de imediato, apercebeu-se de que conhecia o suspeito, referenciado por consumo de estupefacientes.

Um dispositivo policial, envolvendo carros-patrulha das divisões policiais da Amadora e Sintra, partiu no encalço do suspeito. O distribuidor e um colega foram localizados no interior da carrinha de trabalho em Massamá, perto das 11h00, junto ao campo do Real Massamá onde, àquela hora, treinava a selecção nacional de futebol.

Encurralados numa zona de garagens, contígua à rua Rosa Mota, os dois homens foram obrigados a parar a carrinha. O colega do suspeito foi logo libertado, tendo o distribuidor sido revistado sem que se confirmasse a posse de armas de fogo.

Levado para a esquadra da PSP da Reboleira, o suspeito foi confrontado com as acusações da mulher, que assegura ter sido vítima de repetidas violações e tentativas de violações. A Polícia Judiciária de Lisboa deverá receber a custódia do detido.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum