Foge Foge


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

CGTP avança com 300 mil, ministra pede diálogo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

; jotapê ~


Master Fuga
Master Fuga
A CGTP avançou que o número de participantes na manifestação deste sábado chega aos 300 mil. Portugueses que saíram à rua empunhando cartazes onde se pode ver os rostos de gestores públicos acompanhados do lema: «O cinto deles nunca aperta». O Governo já reagiu ao protesto, que tem a ambição de ser o maior de sempre, e, pela voz da ministra do Trabalho, pede diálogo, mas não comenta o número de manifestantes.

Em declarações aos jornalistas, a ministra do Trabalho e da Segurança Social, Helena André, disse que o «Governo pretende é concertação e não contestação», em reacção à manifestação. Quando questionada sobre os participantes, a ministra escusou-se a comentar.

Helena André seguiu na defesa das políticas do Executivo e afirmou que as medidas que o Governo tomou no âmbito do Plano de Economia e Crescimento (PEC) são as necessárias para restaurar a confiança internacional em Portugal e garantir o emprego.

Referindo-se às medidas de protecção do desemprego, a ministra afirmou que o governo mantém os apoios ao emprego a jovens e à reinserção do mercado de trabalho dos desempregados.

Pelas 16:00, quando os milhares de portugueses começaram a descer a Avenida da Liberdade, o líder dos comunistas, Jerónimo de Sousa, explicou que esta manifestação era necessária para mostrar ao Governo que os «portugueses não são moles». Também Francisco Loução contestou os recentes cortes de que vão ser alvo os desempregados.

Ao inicio da tarde, foi Carvallho da Silva que explicou aos jornalistas as razões do protesto, mostrando-se convicto de que este seria «o maior protesto de sempre».

Fonte: TVI24

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum